Café: a bebida mais queridinha e ainda, saudável!

02/10/2017

A bebida queridinha dos brasileiros é, sem dúvidas, o café. Sabor e aroma sem igual, uns gostam de um cafezinho mais suave, já outros preferem mais intenso. Além de gostoso, aumenta a energia e disposição, ajuda a distrair aquela “vontadezinha” de doce após o almoço (claro, desde que não seja adoçado), e possui ácidos clorogênicos (substâncias com potencial antioxidante). Além disso, pode ser um aliado na prevenção de doenças como Alzheimer, Parkinson, esclerose e ainda beneficia no auxilio para boa memória.

Portanto, o consumo regular do café – sem adoçar e sem exageros na quantidade – traz uma série de benefícios à saúde. 2 a 3 doses por dia, no máximo, pois o excesso do que é bom pode torna-se prejudicial, causando problemas como insônia, dependência, cefaleia. Pessoas que sofrem de gastrite e refluxo não devem tomar café, assim como aqueles que possuem sensibilidade à cafeína (não digerem a cafeína adequadamente). Pessoas com pressão alta devem dar preferência ao café filtrado, evitando café expresso, pois contém substâncias com capacidade de elevar a pressão arterial.

O preparo do café também merece um cuidado especial, tanto para garantir um sabor agradável quanto para preservar as propriedades benéficas e evitar azia. Para o preparo utilize água filtrada quente – e NÃO fervente – e deguste na hora, não consuma café requentado.