A semente de chia

13/01/2014

Originária do México, a semente de chia é a nova sensação das dietas.

A chia é uma semente mucilaginosa, que , ao entrar em contato com a água, forma um gel no estômago, ocupando a capacidade gástrica e retardando o tempo de digestão, aumentando a saciedade. Este gel tem, ainda, a capacidade de reduzir a absorção de gorduras pelo nosso organismo, pois ao entrar em contato com alimentos gordurosos, ele retém essas gorduras e as elimina nas fezes.

É riquíssima em potássio – tem o dobro do teor da famosa banana – , tem mais cálcio que o leite e é uma das maiores fontes de antioxidantes encontradas na dieta atual. Apresenta ainda um alto teor de fibras e proteínas e não possui carboidratos. É uma semente oleaginosa – fonte de gorduras – considerada a semente mais rica em ômega 3, gordura poliinsaturada que favorece o controle do colesterol e melhora a memória.

Por ser fonte de gordura, é uma semente calórica, por isso seu consumo deve ser moderado. Uma colher de sopa por dia, em sucos, frutas, iogurtes ou no leite, permite o aproveitamento de todos os seus benefícios sem prejudicar a dieta.

Dica elaborada pela nutricionista:
Luiza Miranda Campos – CRN: 9923

Tags: , ,